30.12.08

Economia X

Talvez, porque esta seja uma época de boa vontade entre os homens, o senhor X decidiu deitar abaixo a parede do seu gabinete e juntou-se aos restantes mangas de alpaca, desta micro empresa em vias de crescimento, naquilo que apelidou de sistema horizontal de responsabilidades paralelas e mútua confiança.
Renunciou, ainda, a algumas regalias de chefe: monovolume, de vidros bassos, com motorista; cartão de crédito para despesas ilimitadas de representação; triplo ordenado de chefe; complemento para pensamentos de valor acrescentado; subsídio para visões de topo, o que lhe permitiu fazer investimentos em novas tecnologias, equilibrar os vencimentos dos restantes funcionários e, principalmente, reconquistar a menina X que, feliz, decidiu brindá-lo, em plena reunião geral de trabalhadores, com um dos seus beijos de cor carmim.

26.12.08

Na tranquilidade dos nossos natais, recebemos a notícia da morte do dramaturgo, poeta, actor, combatente... o britânico Harold PINTER, aos 78 anos, que foi Prémio Nobel em 2005 e renovou, profundamente, a escrita para teatro.

19.12.08

Contribuição assanhada 1

Sou um gato malhado de janela e, apesar de insistirem nessa estranha e xenófoba teoria de que não sou um ser pensante, devo avisar-vos de que estão enganados e de que muitas das minhas reflexões são bem mais elaboradas e profundas do que as de muitos bípedes que circulam, apressadamente, nas ruas aqui por baixo.
Aliás, devo acrescentar que me sinto especialmente produtivo e acutilante, desde que a árvore, aqui em frente, deixou cair todas as suas folhas, pois consigo alcançar muito mais mundo.
Muito lá à frente, depois daqueles montes nevados, fica a Europa. Nós, sempre na cauda, em lento compasso, "retraídos" e suspirantes!
Este ano, nem mesmo as luzes natalícias conseguiram devolver alguma graça ao mundo, pelo menos ao mundo da minha janela.

18.12.08






















© Markéta Prachatická
ilustração para "O Kocicce, mysicce"
editora ALBATROS, Praga

16.12.08

O dia de hoje, ficou marcado por um pequeno incidente. No espelho da casa de banho, alguém escreveu com baton carmim: o pequenote do X é um tirano!
Aqui para nós, dos três mangas de alpaca desta repartição, apenas a menina X manuseia, com alguma habilidade, o objecto suspeito…

14.12.08






















© HENDRIK KERSTENS 2007
Taylor Wessing Photographic Portrait Prize
National Portrait Gallery
Londres

13.12.08

Afinal, a caneta especial tipo… da menina X é um lápis, com um coração quadriculado na ponta. A menina X acaba de ser seleccionada de um grupo de vários entrevistados concorrentes e irá fazer parte dos quadros deste micro grupo empresarial recém remodelado.
O ser peludo, lá de casa, também garantiu o seu posto de escriba assíduo, com as suas CONTRIBUIÇÕES ASSANHADAS, de peridiocidade a definir.

12.12.08

No seu estatuto de director presidente in chefe deste sítio, o senhor X enviou-me um mail acusando-me de abuso de ausência sistemática e injustificada e ameaçou despedir-me.
Expliquei-me… que havia setecentas criaturas e ainda uma outra (a pior!) que só agora serenavam e anuiam na minha libertação mas respondeu-me que se preparava para contratar canetas novas e reestruturar este sítio, por isso, ou voltava depressa, ou poderia adoptar um novo lugar de "funcionária out".
… é claro que podia imaginar o senhor X… no seu computador pré choque tecnológico… a rir-se… com os óculos na ponta do nariz… convencido de que tinha conseguido intimidar-me, armado em chefe autoritário da coisa pública. E, entretanto, um outro mail. — Prepare-se para uma avaliaçãozinha!

11.12.08

Aquilo que é importante, parece-me, não é tanto o defender a cultura, cuja existência nunca impediu um homem de passar fome, mas sim o extrair daquilo que se chama cultura, ideias cuja força motivadora seja idêntica à da fome.

Antonin Artaud
O Teatro e o Seu Duplo (1938)

1.12.08