12.11.08

Abri a caixa de correio e, no meio das minhas contas a pagar, um postal colorido com uma Torre Eiffel, destinado ao senhor X.
Assim que lho entreguei, o seu rosto reacendeu-se e o senhor X elevou-se como uma personagem de Chagall.
Anda agora por aí, às voltas sobre os telhados, a gritar o seu amor perfeito e a sua vizinha-do-quarto-andar recuperada.
O gato, muito inquieto, produz uns ruídos estranhos, os mesmos que faz aos pássaros desmiolados, que voam nos céus da sua janela.

5 comentários:

Quizmaster disse...

falta aqui o personagem que, sentado na sua cadeira de verga virada para a janela, se ri de tudo isto, e murmura entredentes que se mandasse ele andava tudo a bater continência.

Mas não gosta de escrever posts, e então diverte-se com a cena, ahah

ara disse...

… Hum! Ainda bem que omiti as partes pornográficas da "cena" do Senhor X!
E tenho a acrescentar que o interveniente Quiz, raramente, está sentado na sua cadeira de verga, virada para a janela… ahahah!

antiquada disse...

postal escrito lenta e ternamente com caneta de aparo?

ara disse...

Se fosse o senhor X, seria caneta de aparo e caligrafia a preceito. A vizinha-do-quarto-andar é mais escrita breve e esferográfica verde choque, com sabor a limão…

Anónimo disse...

um happy ending para uma história X?